Pendências: Apuração sobre possível delito ambiental praticado pela Potiporã continua


Imagem: Ilustração
Promotor de Justiça da comarca localizada na cidade de Pendências, o bacharel Ricardo Manoel da Cruz Formiga decidiu sequenciar a apuração que trata de um possível dano ambiental decorrente de inadequação da lagoa de dejetos da empresa Potiporã (Samaria Camarões Ltda.), para onde os resíduos resultantes do beneficiamento de camarões são destinados.
Originada na forma de uma Notícia de Fato, a investigação agora terá curso por meio do Inquérito Civil Público nº 042320190000003201978, conversão oficializada através de Portaria que teve publicação no exemplar desta quinta-feira (18) do Diário Oficial do Estado.
Uma das medidas instituídas pelo representante do Ministério Público do RN (MPRN) foi solicitar ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Meio Ambiente (CAOP-MA), por meio eletrônico, sugestão de atuação, diante da resposta advinda da direção do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema/RN), na capital do estado, após inspeção ambiental na lagoa de dejetos da empresa Potiporã, alvo da averiguação.
 
 
 
 
 Email do blog [email protected] tel 9 9873 9639


   Lojão Fortaleza , temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centr
o Macau, vizinho a camara municipal
 

Nenhum comentário

Publicidade