Dois crimes de homicidio em Mossoró, na noite de terça e madrugada de quarta feira


121
A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra na madrugada desta quarta feira, 17 de julho de 2019, mais um homicídio, o segundo em menos de 30 minutos e no mesmo bairro onde ocorreu o primeiro assassinato, ou seja no Dom Jaime Câmara (Malvinas)
Desta vez o crime aconteceu em uma residência na Rua Antônio Nogueira de Lucena, na conhecida“Favela do Velho”. Um homem conhecido apenas como "Negradas" foi perseguido e morto com um tiro nas costas, dentro do quinta da casa, para onde o mesmo correu tentando escapar da morte.
Durante a perícia no local, os profissionais do Itep encontraram com a vítima, um saco plástico com algumas pedras de crack e outros dois saquinhos com maconha. O corpo de Negradas foi recolhido e encaminhado ao ITEP para ser necropsiado. Mossoró chega nesta quarta feira aos 101 assassinatos em 2019.
dua
gamela





  • 100º Homicidio em Mossoró 2019: Carroceiro é brutalmente assassinado no Bairro Dom Jaime Câmara (Malvinas)

    crime
    O crime com requintes de crueldade, aconteceu no final da noite desta terça feira 16 de julho de 2019, na Rua Francisco Pereira Azevedo, no Bairro Dom Jaime Câmara (Malvinas) em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Um homem que não portava documentos de identificação, mas que segundo a Polícia Militar, seria um carroceiro conhecido como "Bacurim", foi executado com tiros de pistola e escopeta calibre 12.
    A vítima foi morta na calçada de uma residência, a qual ele estava cuidava e onde dormia, e teve a cabeça totalmente esfacelada em consequência dos disparos sofridos. A Polícia Militar foi acionada para o local e passou a isolar a área do crime. Segundo os policiais, homens em um carro de cor clara, teriam chegado no local e executado Bacurim, que não teve qualquer chance de defesa.
    Até o momento não há informações sobre a vida da vítima e o que teria motivado tão brutal assassinato. O corpo do carroceiro, foi recolhido após a perícia no local do crime e encaminhado ao ITEP onde será examinado e liberado após o comparecimento de familiares com sua documentação.
    Este foi o homicídio de número 100 registrado em Mossoró neste ano de 2019. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai receber um relatório do delegado de plantão, Dr. Evando Luiz dos Santos, que esteve no local colhendo informações.
    Fim da Linha
    rabeca

    Nenhum comentário

    Publicidade