“Meu coração é pernambucano”, diz Bolsonaro em evento de Petrolina


Durante inauguração de residencial do Minha Casa, Minha Vida, ele afirmou ainda que é o presidente de todos os brasileiros. “Eu não estou no Nordeste, eu estou no Brasil”, ressaltou
Maio 24, 2019 às 18:24 - Por: Agência Estado e Agência Brasil
Foto: TV/ Reprodução
Foto: TV/ Reprodução
Ao enaltecer o Nordeste em discurso em Petrolina, no interior de Pernambuco, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na tarde desta sexta-feira (24), que o seu coração é pernambucano. “Não há recompensa maior do que estar entre amigos, meu coração é pernambucano”, afirmou, na inauguração do Residencial Morada Nova, do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV).
Os 472 imóveis servirão de moradia própria para cerca de 2 mil pessoas. Foi a primeira viagem do presidente ao Nordeste desde que tomou posse. Pela manhã, ele se reuniu com os governadores da região no Recife.
Na cerimônia, o presidente pegou uma criança no colo ao entregar a chave para uma família e ganhou de presidente um chapéu de couro de outro menino. Bolsonaro usou o chapéu por alguns segundos.
Após entregar a chave de uma das casas a um morador, Bolsonaro disse no pronunciamento que não “estava” no Nordeste, mas no Brasil: “Eu estou no Brasil; o Brasil é a nossa pátria”. Ele fez uma fala na qual pregou a união e disse que “fazer a coisa certa na política não é fácil, mas que, juntos, chegaremos lá”. “Fiquem certos, eu sou o presidente de todos vocês”, prosseguiu
Bolsonaro emocionou-se ao lembrar quando seus pais conseguiram a casa própria. “Hoje, eu estou feliz porque voltei um pouco no tempo, quando completei 35 anos, meu pai teve a sua casa própria, vi no semblante dele e da minha mãe a alegria de um momento como este”, recordou.
“Nós chegamos para mudar o destino do nosso Brasil. Deixamos de lado o populismo. Deixamos de lado as promessas vazias, sempre ao lado da verdade, e de Deus, para buscar esse objetivo”, acentuou. O presidente acrescentou que sabia da dificuldade que o País atravessava, com “a crise ética, moral e econômica”. “Mas sabia do potencial que temos e de outro potencial muito maior, que é o deste povo maravilhoso e não desiste nunca”, afirmou.
Continuidade
O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, garantiu a continuidade do Minha Casa, Minha Vida em meio a especulações sobre mudanças que o governo pretende fazer no programa.
“Este governo não vai interromper o programa da habitação social. Saibam disso. Já foram investidos R$ 11,6 bilhões só na gestão do presidente [Bolsonaro], só em 2019. São 87.636 unidades. Só em Pernambuco são mais de 3 mil unidades, mais de R$ 393 milhões”, disse.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que opera os financiamentos do programa habitacional, também assegurou a continuidade dos projetos e prometeu inaugurar obras de forma regular. “A cada duas semanas nós vamos inaugurar um evento como esse”, disse.
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, falou sobre importância do programa Minha Casa, Minha Vida para o estado e para o Nordeste, e ressaltou a elaboração, pelo governo federal, de um plano de desenvolvimento para a região.
“O novo plano de desenvolvimento da Região Nordeste é um plano que pode dar caminhos para que o Nordeste diminua suas desigualdades”, disse.




Publicidade


Armarinho Macau,lojas 1 e 2 tudo em um só lugar, artigos de cama mesa e banho, confecções em geral, a moda de todas as estações,  bolsas, calçados, eletro eletrônico, material escolar e muito mais, rua professor Coimbra em frente ao mercado público de Macau, empresa do grupo Elísio Filho e Jane Maria

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Nenhum comentário