Autor da facada em Bolsonaro não pode ser preso, decide a Justiça


A 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, do TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), decidiu que o autor da facada contra Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, tem problema mental e, por isso, inimputável — não podendo ficar preso pela tentativa de homicídio.
A decisão foi tomada após peritos oficiais nomeados pela Justiça apontar que Adélio é portador de Transtorno Delirante Persistente.
Uma médica psiquiatra assistente técnica do Bolsonaro e outra médica contratada pela defesa de Adélio concordaram sobre os problemas de saúde do acusado.
"Todos os profissionais médicos psiquiatras que atuaram no feito, tanto os peritos oficiais como os assistentes técnicos das partes, foram uníssonos em concluir ser o réu portador de Transtorno Delirante Persistente".
De acordo com a decisão, devido a polarização no cenário político, houve “dificuldades em encontrar profissionais para atuar como perito no incidente de insanidade”. Além disso, foi necessário, de acordo com a nota do TRF1, fazer exames periciais em duas datas diferentes por causa do difícil diagnóstico.
Fonte: R7






LIGEIRINHO ÁGUA E GÁS. a entrega mais rápida da cidade, tel (9090) 3521-2272 /9694-8448 ou 9970 4613.comprando o seu botijão Brasil Gás, você ganha cupon e concorre a premios no final de cada mês, Av Centenário, centro Macau

 

Nenhum comentário