Publicidade

Passagens aéreas para Natal são mais caras do país e preços devem aumentar, diz presidente da ABAV-RN



O maior empecilho para o crescimento do turismo do Rio Grande do Norte é o alto custo das passagens aéreas com destino a Natal. É o que diz o empresário Abdon Gosson, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV-RN). Conforme ele afirmou em entrevista ao Hora Extra da Notícia, apresentado pelo jornalista Danilo Sá e pelo advogado Aldo Clemente, na Rádio 91 FM (Rádio Rural), o Rio Grande do Norte é o destino mais caro não só do Nordeste, mas do Brasil. E isso deve piorar em decorrência da possível compra da companhia aérea Avianca pela Azul, o que tende a subir ainda mais os preços das passagens, conforme prevê o presidente da ABAV.
“A companhia aérea Azul provavelmente vai comprar boa parte da Avianca, que está em dificuldade financeira. Tínhamos quatro companhias aéreas, só vamos ter três companhias dentro do Brasil, onde hoje um país continental como o nosso deveria ter de 12 a 15 companhias aéreas no mínimo voando aqui dentro e provavelmente os preços das passagens para Natal, infelizmente, nos próximos meses, talvez ainda fiquem mais altos”, prevê.
Abdon Gosson afirmou ainda que esse é um problema que se vem tentando resolver desde o governo Robinson Faria, com um trabalho do Governo do Estado junto ao trade turístico.

Nenhum comentário

Publicidade