Macau: Vereador Kekel demite assessores e vende cargos a agiotas



O vereador de um mandato só, Emanuel Clélio Kekel, parece que vem desafiando o Ministério Público e a justiça da cidade. Se não bastassem os seus atos insanos de perseguição a gestão do prefeito Túlio Lemos, agora decidiu fazer caixa através dos cargos de seu gabinete e mandato na Câmara de Vereadores.

ENTENDA:

Durante o biênio 2017-2018, na presidência do vereador Pintinho, cada vereador teve reduzido ao número de 1 assessor por gabinete. Nos bastidores da eleição do novo presidente para o biênio 2019-2020, ficou acertado entre os vereadores da oposição que teriam a volta de mais um assessor por gabinete e indicariam alguns cargos na presidência da casa. Assim, a vereadora Dyana Lira foi eleita a nova presidente. Ficou para o vereador Kekel indicar o cargo de controlador do município.

Endividado desde a campanha por conta de seu vício em jogos na mesa de baralho (jogos de azar) e empréstimos a agiotas, o vereador Kekel demitiu a sua assessora de gabinete e teria negociado com dois agiotas da cidade um dos cargos do gabinete por R$ 14 mil reais e o cargo de controlador da Câmara por R$ 25 mil para quitar uma dívida com este que se arrastava pagando juros mensais.

O que se ver nas redes sociais do nobre edil é muita farra e jogatina durante todo o verão na badalada praia de Pirangi, em Natal, e no carnaval da cidade de Caicó, onde um único ingresso para a área vip custou em tornou de R$ 400 por dia.

Segundo informações, o Ministério Público já está em posse de áudios e gravações de conversas onde ele mesmo afirma que vendeu os cargos para resolver problemas financeiros dele e que podem complicar mais ainda a sua situação jurídica.  Onde se passa em Macau o povo diz: lá vai o vereador de um mandato só.





  Lojão Fortaleza
temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centro Macau, vizinho a camara municipal
 

Nenhum comentário