Mãe de bebê de 10 meses que morreu de edema cerebral em Assu, rebate acusações contra babá


e
Débora Raquel, mãe do pequeno Arthur Kalebe, de dez meses de vida, que morreu no final da tarde de terça-feira, 08 de Janeiro de 2019, ao dar entrada no Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, rebate acusações feitas contra a babá de seu filho.

Débora entrou em contato com nossa reportagem, afirmando está preocupada com as acusações que internautas de grupos de WhatsApp, plantaram em desfavor da babá. "Ela era a segunda mãe do meu filho". Disse Débora. O laudo emitido pelo ITEP na noite da terça-feira, diagnosticou que o bebê faleceu de edema cerebral, que é um acúmulo excessivo de água nos espaços intracelular e/ou extracelular do cérebro.

Aumento na quantidade de líquidos no tecido cerebral causado por lesões focais (tumores, abscessos, hematomas) ou difusas (anóxia, meningites, encefalites, certas intoxicações), com consequente aumento de volume do encéfalo. Em outro trecho, a mãe de Arthur disse qu é muito grata a babá, por ter cuidado muito bem do seu filho.
Jalisson Ferreira

Nenhum comentário

Publicidade