Caso esclarecido: Elemento preso em Apodi confessa ter matado Maria Clara de 12 anos por "desavenças familiares"




A Polícia Militar prendeu na tarde desta quarta-feira (17), o suspeito de matar a pré-adolescente Maria Carla, de 12 anos, no município de Apodi, no Oeste potiguar. O corpo da menina foi encontrado hoje nas imediações do Sítio Góis, zona rural de Apodi. A família confirma esta informação.

O suspeito do crime era cunhado da vítima: Paulo Batista de Sousa. Segundo o delegado de Apodi, Rafael Câmara, o suspeito confessou que matou a menina por conta de "desavenças familiares".

Rafael Câmara informou que os exames do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) deverão confirmar que o corpo é, de fato, da menina. A ossada humana foi recolhida pela equipe do ITEP para a sede do órgão, em Mossoró. Ela pode ser identificada pelas vestimentas e arcada dentária. O corpo deve passar por exames de DNA, em Natal.

Após prestar esclarecimentos ao delegado, o suspeito deve ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi e em seguida deve ser transferido para outra unidade prisional do estado.
 
 
 
                                         Tel zap 84 99873 9639

Nenhum comentário

Publicidade

Publicidade