Macau: Programa Transporte Cidadão inicia suas atividades nesta quinta, 27


Gestão Tulio Lemos, em um esforço conjunto entre o Prefeito Municipal, a Primeira-Dama Andrea Lemos e o Secretário de Assistência Social Clovis Damasceno, conseguiram junto ao Governo do Estado, que Macau fosse incluída no rol de cidades atendidas pelo programa Transporte Cidadão, que oferece à população de localidades isoladas, atenção e acesso – através de transporte público gratuito – à hospitais, unidades de saúde, centrais do cidadão, bancos e outros serviços e
órgãos que só são encontrados na cidade.
A ação é do Governo do RN por meio da secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER). O programa iniciará suas atividades nesta quinta (27), e a expectativa é que se tenha uma maciça adesão popular já de início.
O ônibus sairá todos os dias de Segunda à Sexta, do distrito de Sertãozinho às 07:00 e fará o seguinte percurso: Diogo Lopes – Barreiras – Soledade – Canto do Papagaio – Cohab – Alcanorte e Salinópolis, fazendo sua parada final na cidade de Macau.
Na volta, o ônibus sairá do Mercado Modelo as 11:30 da manhã e fará o mesmo percurso, deixando os usuários em seus respectivos locais de partida.
A Prefeitura de Macau iniciará um processo de cadastramento de beneficiários do programa para a emissão das carteirinhas que serão pessoais de cada usuário e requeridas após o término do cadastramento.
A Gestão Tulio Lemos também informa que as pessoas interessadas no serviço devem procurar a Secretaria de Assistência Social, munidos dos documentos pessoais, Número de Identificação Social (NIS) e documentos que comprovem as condicionalidades do programa.

O serviço é gratuito para beneficiários inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e que estejam enquadrados nas condições de desempregados (cadastrados no Sine-RN em busca de emprego), gestantes, portadores de necessidades especiais e seus acompanhantes, portadores de doenças crônicas e seus acompanhantes, além de idosos a partir de 60 anos.

Para o Prefeito Tulio Lemos: “Essa é uma medida importante e que representa um ato de cidadania por parte da nossa gestão, e do Governo do Estado; E que eu já vislumbrava há bastante tempo para os distritos macauenses, onde a acessibilidade hoje é muito ruim. Pessoas se arriscam nas estradas de moto, ou em caronas, porque não havia esse tipo de programa, essa assistência. Hoje nós temos. Estamos dando ainda mais atenção às pessoas carentes, que são as que realmente precisam do olhar e da mão amiga do poder público.” Finalizou Tulio.

______________________

Nenhum comentário

Publicidade