Barragem Armando Ribeiro Gonçalves chega aos 26% da sua capacidade hídrica


O Relatório da Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios do Estado divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (IGARN) indica que as reservas hídricas superficiais totais estaduais, atualmente, possuem 27,96% da sua capacidade total de acúmulo de água.
Maior reservatório do estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com 640 milhões 976 mil metros cúbicos, percentualmente 26,71% do seu volume total. A barragem Santa Cruz do Apodi, com capacidade para 600 milhões de metros cúbicos, está com um aporte hídrico de 158.697.939 metros cúbicos, que representam 26,46% da sua capacidade total. O açude Umari, em Upanema, com capacidade para 292,813 milhões de metros cúbicos, está com 124.574.934 metros cúbicos, percentualmente, 42,54% do volume total do manancial.

 Dos 47 reservatórios, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, 9 mananciais permanecem em volume morto, percentualmente 19,14% dos açudes potiguares. Já os reservatórios secos, atualmente, são três, percentualmente, 6,38% dos açudes potiguares. 

Entre os reservatórios que estão na classificação de alerta, com volumes inferiores a 25% das suas capacidades, mas que estão acima do volume morto, os números dos aportes hídricos são os seguintes: Boqueirão de Angicos, que está com 1,819 milhão de metros cúbicos, percentualmente, 11,36% de sua capacidade; Itans, em Caicó, com 6,725 milhões metros cúbicos ou 8,23% do total que consegue acumular; e Passagem das Traíras, com 1,574 milhão de metros cúbicos, ou 3,17% da capacidade do reservatório. As reservas hídricas superficiais totais do estado atualmente são 1bilhão 233 milhões 419 mil 275 metros cúbicos, que percentualmente representam 27,96% do total de 4,404 bilhões de metros cúbicos de reservas superficiais estaduais. Dos oito reservatórios que atingiram 100% da capacidade de acumulação de água, Riacho da Cruz II está com 89,6% de reservas; Apanha-Peixe está com 91%; Santo Antônio de Caraúbas está com 73,67%; Encanto está com 89,42%; Brejo está com 82,57%; Beldroega está com 79,31%; Pataxó está com 82,27% e Mendubim está com 81,66%. 

A Lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com 97,44% do seu volume, que é de 11 milhões de metros cúbicos. A Lagoa do Jiqui, que possui 440 mil metros cúbicos e abastece parte da zona sul de Natal, permanece completamente cheia. 

A Lagoa do Bonfim, que fornece água para a Adutora Monsenhor Expedito, está com 56,03% do seu aporte total.

Da redação da Princesa 
 
 
 

  Lojão Fortaleza
temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centro Macau, vizinho a camara municipal de Macau.

Nenhum comentário

Publicidade

Publicidade