(157ª) Ex-presidiário é morto a tiros dentro de casa no Papoco

Publicidade

(157ª) Ex-presidiário é morto a tiros dentro de casa no Papoco


ImagemImagemO crime aconteceu por volta 01h30min da madrugada de hoje, 10 de agosto, e teve como vitima o Ex-presidiário Leonardo Ferreira da Silva de 20 anos de idade. Cerca de 10 elementos fortemente armados invadiram a casa, na Rua Antônio Barroso, onde ele dormia com a esposa e os pais e o executaram com muitos tiros de pistola, revolver e escopeta calibre 12. Segundo informações de familiares, Leonardo cumpriu pena de pouco mais de um ano acusado pelo crime de assalto e há 07 meses estava em liberdade.
Testemunhas informaram a policia, que os criminosos se passando por policiais, chegaram chamando no portão e quando o dono da casa, pai de Leonardo, acendeu as luzes, percebeu que os mesmos já estavam na área e no muro da residência. Eles cortaram os ferros de sustentação do portão usando um alicate grande.
Ainda segundo informações, os matadores reviraram toda a casa a procura de Leonardo e quando o encontraram no quarto, efetuaram vários disparos. Mesmo depois de morto ele foi arrastado para o meio da rua, onde teve a cabeça completamenter desfigurada com um tiro de escopeta calibre 12.
A policia não descarta a possibilidade do crime está relacionado a disputa pelo comando do trafico de drogas na região. A cerca de 06 anos, Leonardo teve um irmão morto e o corpo jogado numa estrada carroçável as margens da BR 110 e a motivação teria sido a mesma, trafico de drogas. Com a morte do irmão, Leonardo teria assumido o comando da boca de fumo. No local do crime a equipe pericial recolheu varias capsulas de pistola, revolver e até uma escopeta calibre 12 de fabricação caseira foi encontrada desmontada no meio da rua. 
No dia 08 de julho, três elementos foram na sua casa para um acerto de contas com Leonardo e terminaram matando um adolescente que se encontrava no local na companhia de um amigo.
Veja: > (138ª) Adolescente é morto a tiros no Papoco em Mossoró
Bruno Natanael Brito da Silva de apenas 15 anos de idade, saiu de casa de motocicleta com um amigo para pegar um sanduiche e foi surpreendido por três criminosos que estavam num carro tipo HB20 de cor clara, que segundo informações procuravam um desafeto, para um acerto de contas. Esse tal desafeto seria um preso do sistema aberto, monitorado por tornozeleira eletrônica que deveria está no local.
O Camera


 

Nenhum comentário

Publicidade