BOPE prende foragido e suposto membro do Comando Vermelho na Redinha

Com o suspeito, que é foragido da Justiça do Acre, os militares apreenderam tabletes de crack, carros importados, joias e grande quantia em dinheiro dentro de um condomínio em Ponta Negra

Equipes do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), da Polícia Militar, prenderam no início da tarde desta terça-feira, na Redinha, zona Norte de Natal, um foragido da Justiça acreana e suposto membro do Comando Vermelho (CV).
Gilson Limeira Silva, também conhecido por “Mossoró”, 37 anos, foi preso em flagrante dentro de uma casa situada às margens do Rio Doce. No interior do imóvel, os militares apreenderam sete pacotes de crack.
De lá, as guarnições do BOPE seguiram com o suspeito até um condomínio em Ponta Negra, na zona Sul. Para surpresa dos policiais, haviam vários carros importados, uma caixa contendo grande quantia em dinheiro, além de joias. Todo material foi apreendido.

Segundo o chefe do Comando de Policiamento Metropolitano, coronel PM Zacarias Mendonça, “Mossoró” estava sendo monitorado pelo Serviço de Inteligência da PM. Após a prisão, o suspeito foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal, em Lagoa Nova, para ser autuado por tráfico de drogas. “Isso porque ele também estava sendo investigado pela PF e era foragido do sistema prisional do Acre”, explicou.
Em outubro de 2009, Gilson Limeira Silva foi condenado com mais dois comparsas a cumprir 13 anos e 3 meses de prisão em regime fechado pelo crime de tráfico de drogas. Ele planejava transportar cerca de 4 quilos de cocaína do município de Cruzeiro do Sul (AC) para Natal (RN). Ele receberia R$ 2.500 pelo serviço.
Agora RN 





Nenhum comentário

Publicidade