Ex- presidiário morto a tiros no centro de Mossoró


O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), registrou 52° de homicídio de 2018 em Mossoró no Rio Grande do Norte na noite deste domingo 04 de março.
A ação criminosa ocorreu próximo ao museu no Centro da cidade, Wallison David Soares Barroso, 23 anos de idade foi morto com cinco disparos de pistola 380.

De acordo com informações repassadas por populares a Guarda Municipal, uma dupla sendo um em uma moto Honda Pop de cor vermelha e outro em uma Honda CG 160 de placa QGN 9570 Mossoró-RN foram perseguidos por indivíduos em um Celta Preto que efetuaram vários disparos contra eles no Beco das Frutas.

O que seguia na Pop conseguiu fugir, o que estava na moto com queixa de roubo abandoou o veículo e tentou escapar da morte correndo mas acabou sendo executado cerca de 400 metros do local onde ele abandonou a moto. A motocicleta foi conduzida pela GCM para a Delegacia de Plantão.

Walison David Soares Barroso tinha problemas com a justiça com várias passagens pelo sistema prisional de Mossoró, por assalto e porte ilegal de arma de fogo.

No dia 16 de julho de 2015,Walliison foi preso em flagrante após assaltar uma mulher em um salão de beleza no bairro Nova Betânia em Mossoró. 
No dia 08 de maço de 2016,Wallison foi preso acusado de assaltar  uma marmoraria no Centro de Mossoró quando na ocasião seu irmão foi baleado quando tentava fugir da ação criminosa. 
Passando na hora.

Nenhum comentário

Publicidade