Suspeitos trocam tiros com a polícia e morrem durante operação no Mosquito

Publicidade

Suspeitos trocam tiros com a polícia e morrem durante operação no Mosquito


A atividade resultou na apreensão de armas, drogas e na prisão de pessoas envolvidas com crimes

A Polícia Militar deu andamento nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (28), a mais uma fase da operação "Madrugada Segura", iniciada no ano passado. O alvo foi novamente a comunidade do Mosquito, localizada na zona Oeste de Natal. Durante a incursão dos policiais houve confronto que resultou na morte de dois suspeitos. Armas de grosso calibre e drogas foram apreendidas além de cerca de seis pessoas presas por envolvimento com crimes.
As prisões e apreensões foram realizadas pelas equipes da Rocam e do BPChoque que chegaram na localidade com informações precisas sobre a presença de traficantes, homicídas e foragidos. De acordo com o Tenente Coronel Eduardo Franco assessor de comunicação da PM a operação foi um sucesso, mas vai ter continuidade. "Essa operação não tem data para acabar e todas as comunidades que estejam inseridas na mancha vermelha da criminalidade terá a presença das forças policiais até que a ordem e a paz sejam estabelecidas", disse.
Os mortos no confronto foram identificados como Bruce Daves Oliveira da Silva, de 20 anos e Francinaldo Gomes da Silva, de 33, ambos, segundo a polícia envolvidos com práticas de roubo e assassinatos. As pessoas foram conduzidas a central de flagrantes no bairro da Cidade da Esperança para averiguação criminal, uma delas é foradida da justiça, Francisco Kelvin Souza Pereira da Silva, possuía um mandado de prisão em aberto.

Nenhum comentário

Publicidade