Onze chacinas foram registradas no Estado em nove meses


Ao todo, 72 pessoas morreram em circunstâncias semelhantes; Autores desses assassinatos ainda não foram identificados.

A mancha da violência no Rio Grande do Norte cresce em vários aspectos, diariamente. Um deles é o número de chacinas, quando quatro ou mais pessoas são assassinadas em uma só ação. De acordo com o OBVIO (Observatório da Violência Letal Intencional), nos últimos nove meses, 11 casos semelhantes foram registrados, contabilizando 72 mortes.
Todos os assassinatos apresentaram características de execução. As vítimas foram mortas com tiros de grosso calibre que atingiram principalmente a cabeça. Os cenários desses homicídios foram as cidades de Natal, Touros, Extremoz, Ceará-Mirim, Nísia Floresta, Serra do Mel, Mossoró, Ielmo Marinho e Parnamirim. Em alguns desses municípios, as chacinas ocorreram duas vezes, como Parnanirim e Extremoz.
As chacinas registradas em Natal são investigadas pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa, já as que aconteceram nas outras cidades do Estado as investigações ficam sob a reponsabilidade da Polícia Civil de cada um desses municípios, ou das delegacias regionais. Até agora nenhum desses 11 casos foi elucidado, os presidentes dos inquéritos que investigam as mortes se deparam com duas dificuldades, o baixo efetivo e a ausência de testemunhas. No entanto, a polícia destaca que a denúncia feita de forma anônima, pelo número telefônico 181 é de extrema importância para a identificação e prisão dos autores dessas execuções.

 




LIGEIRINHO ÁGUA E GÁS. a entrega mais rápida da cidade, tel (9090) 3521-2272 /9694-8448 ou 9970 4613.comprando o seu botijão Brasil Gás, você ganha cupon e concorre a premios no final de cada mês, Av.  Centenário/ centro Macau, organização Gilmar 

Nenhum comentário