Furtos e violência contra mulher são as principais ocorrências policiais do período junino em Assú


A informação é dada pelo chefe de investigação da Delegacia de Polícia Civil do Assú o APC Santana.
“Muita gente vem para a festa e tem o celular furtado ou algum objeto que ficou no carro próximo a praça. Também há casos de agressão onde às vítimas são as mulheres. Em media de três a quatro registros por cada noite desse tipo de ocorrência”, observou.
Nesta sexta-feira, 23 de junho a Polícia Civil local que está trabalhando em regime de plantão no período em que se realizam os festejos do padroeiro São João Batista, recebeu o apoio da Delegacia Móvel que visa proporcionar maior agilidade ao serviço da equipe comandada pelo delegado Cidorgeton Pinheiro.
“Os flagrantes são feitos aqui mesmo na praça diferente de outros dias quando o procedimento era na DP”, acrescentou Santana.
O agente de Polícia Civil também respondeu as críticas que alguns internautas fazem sobre a quantidade de policiais que estão trabalhando a fim de garantir a segurança de quem se dirige à Praça São João onde a festa acontece. Cerca de 150 homens estão de serviço. Nas redes sociais há comentários do tipo “se a festa durar mais vou me mudar para a Praça São João, pois lá tem mais polícia do que em qualquer outro lugar”.

“A polícia está aqui, mas está também em outros pontos da cidade garantindo a segurança da população. Quem está criticando deveria agradecer. Digo isso embora saiba que é praticamente impossível fazer um bom trabalho e ser reconhecido por todo mundo”, rebateu.
Gustavo Varela



 



 O  LojãoFortaleza  agora está em novo endereço, temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centro Macau, vizinho a camara municipal.

Nenhum comentário

Publicidade