Madrugada violenta na Grande Natal registra 9 homicídios a tiros

Publicidade

Madrugada violenta na Grande Natal registra 9 homicídios a tiros

Cinco corpos já foram identificados, quatro ainda aguardam no Itep.
Delegado revela que número é três vezes maior que a média.

Christiane MussiG1 RN
Sede do Itep do Rio Grande do Norte, em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
 
Entre a madrugada de terça-feira (31) e a manhã desta quarta-feira (1), o Instituto Técnico- Científico da Polícia de Natal (Itep) divulgou uma lista de nove óbitos, todos por arma de fogo. Cinco corpos já foram identificados, mas quatro ainda aguardam identificação. De acordo com um dos delegados da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que não quer ser identificado, oito das mortes tiveram caracteristica de execução, apenas uma por tentativa de assalto. Ainda segundo ele, número de ocorrências pode ter a ver com a morte do policial dentro de um shopping na capital na última terça-feira (31).
"Para uma terça-feira é um número de ocorrência três vezes maior que o comum. Não dá para afirmar que foi uma retaliação de fato, mas dá pra dizer que a morte do policial repercutiu nessas mortes justamente pela quantidade", disse em entrevista ao G1.
A polícia ouviu relatos de familiares que confirmaram a ligação das vítimas com assaltos e tráfico de drogas. Para o delegado, não dá para afirmar que foram policias em represália à morte de Daniel Oliveira Pessoa porque bandidos costumam aproveitar esse tipo de oportunidade para executar inimigos e colocar a polícia como suspeita.
"O procedimento de atuação dos crimonosos nos casos tem características de execução: homens encapuzados dentro de veículos perseguindo homens específicos. Um, inclusive, viu o companheiro ser executado após exigerem que ficasse de joelhos, tentou fugir para dentro de casa, mas foi perseguido e morto", afimou.
Entre as vítimas está um ex-presidiário de Alcaçuz que mudou de regime há dois meses. Segundo a esposa, a casa foi arrombada e ele foi morte a tiros.
saiba mais
O homem que morreu baleado após tentar assaltar um bar, é um dos que não foram identificados. Uma tatuagem no braço esquerdo pode ajudar no reconhecimento. Ele tentou assaltar um churrasquinho na noite desta terça-feira (31), na Avenida Romualdo Galvão, no bairro de Lagoa Seca, na zona Leste de Natal. De acordo com o proprietário do estabelecimento, o homem entrou armado anunciando o assalto, um promotor de justiça, que estava armado, reagiu e matou o assaltante.
O promotor, que tinha porte de armas liberado, prestou depoimento e entregou a arma logo em seguida. Ele teria reagido quando o suspeito se aproximava dos clientes. Na manhã desta quarta (1º), a assessoria de imprensa do MP divulgou nota de esclarecimento sobre o ocorrido à imprensa. Confira a íntegra:

PM morre ao ser baleado em tentativa de assalto
O policial militar Daniel Oliveira Pessoa, que foi baleado durante uma tentativa de assalto a uma joalheria em um shopping em Natal, morreu no início da tarde desta terça-feira (31). A informação foi confirmada pelo Hospital Walfredo Gurgel.

Daniel foi atingido por três tiros, um na cabeça, um no pescoço e outro nas costas. Um vídeo gravado pelas câmeras de segurança do shopping mostra o momento em que o policial militar é baleado pelos bandidos.
No vídeo é possível ver o momento em que o PM se aproxima da joealheria e conversa com um homem que sai de dentro da loja. O homem, vestido de terno e gravata, é um dos assaltantes. Eles conversam por um tempo e em seguida o policial entra na loja. Neste momento, o assaltante saca uma arma, aponta para o militar e atira. Dentro da loja, o  outro assaltante corre em direção à saída.
Não é possível saber de onde partem todos os disparos que atingem o policial, que cai baleado no chão. Os bandidos fogem e o de branco pega a arma do policial caído. O PM chegou a ser socorrido, mas não resistiu.
Em nota, a administração do Partage Norte Shopping que todo o atendimento de emergência foi prestado, o policial foi socorrido pelo SAMU e levado ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e que nada foi roubado. O shopping informou ainda que está colaborando com as autoridades para apuração e esclarecimento dos fatos.

 


 Na festa dos seus trinta anos em Macau e região, a Flávio eletro a loja das grandes promoções, vai realiza sorteios para seu clientes que estão com suas prestações em dia, uma casa no valor de 70 mil reais, 15 mil reais para entrada do carro novo e mais 15 mil em produtos.

Nenhum comentário

Publicidade