Viúva de hoteleiro morto é presa suspeita de ser mentora do crime

Publicidade

Viúva de hoteleiro morto é presa suspeita de ser mentora do crime

Ademar Miranda Neto foi morto a tiros no dia 7 de junho na Zona Sul de Natal.
Mulher foi presa nesta quinta-feira (8) quando prestava depoimento.

Do G1 RN
Ademar Miranda Neto (Foto: Arquivo Pessoal)
A viúva do empresário Ademar Miranda, morto a tiros no dia 7 de junho, foi presa nesta quinta-feira (8) suspeita de ser a mentora do crime. A mulher foi presa nesta quinta quando prestava depoimento à polícia.
"Ela caiu em contradição várias vezes e ainda tentou induzir algumas testemunhas a falarem o que ela queria. E como nós tínhamos um mandado de prisão foi dada voz de prisão aqui na delegacia mesmo", disse o delegado Ernani Leite que conduz as investigações.
Ademar Miranda tinha 58 anos e era proprietário de um hotel na praia de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. Ele foi morto na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na noite de 7 de junho. Ele estava dirigindo quando dois homens se aproximaram do carro dele e efetuaram os disparos.

No dia 31 de agosto, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte divulgou dois vídeos com imagens de um homem suspeito de ter envolvimento no assassinato do empresário.No primeiro, Ademar entra no bar e se senta para consumo. Em seguida, aparece o suspeito, que entra e sai do estabelecimento sem adquirir nada. No segundo vídeo, o suspeito aparece em frente ao bar. Com um celular, ele registra imagens do local e vai embora.


 




 Na festa dos seus trinta anos em Macau e região, a Flávio eletro a loja das grandes promoções, vai realiza sorteios para seu clientes que estão com suas prestações em dia, uma casa no valor de 70 mil reais, 15 mil reais para entrada do carro novo e mais 15 mil em produtos.  




Nenhum comentário

Publicidade