Polícia militar prende cinco pessoas após ameaça e porte ilegal de arma de fogo em Paraú/RN





Na tarde de hoje 09/02 a Polícia militar composta pelas guarnições de Campo Grande, Triunfo Potiguar e Paraú, conseguiram prender após um intenso trabalho em conjunto, cinco pessoas que estavam a procura de um desafeto no auto do Louvor em Paraú.
Segundo informações da polícia militar, os presos são; Fernando Fagundes da Silva, Matheus Gabriel Peixoto Basílio, esses dois residentes na cidade de Paraú.
Michelangelo Máximo Xavier da Silva, Reginaldo Cabral e Luiz Henrique Felix da Silva, esses três residentes na cidade de Mossoró. Ambos foram localizados e presos no Balneário do Sabia no município de Paraú,.
Ainda de acordo com as informações, a prisão se deu por ameaça e posse ilegal de arma de fogo no município de Parau, um veiculo tipo gol também foi apreendido.
A polícia militar recambiou os cincos suspeitos para a delegacia de Patu para a realização do flagrante.
Os guerreiros que participaram das prisões foram: o eficiente Cb Silva, Sd Filho, Sd Araújo, Sd Amaro, Sd Gilson, Cb J. Batista Sd J. Soares, Sd Dutra.
Parabéns a toda equipe de policias que em uma ação rápida, conseguiram botar ordem na casa.

 

Foto de Daniel Potiguar.

Garota de 16 anos morreu afogada em Tibau RN


A cidade praia de Tibau, distante 42 quilômetros de Mossoró,no Rio Grande do Norte foi marcada por um triste acontecimento na manhã desta segunda feira de carnaval 08 de fevereiro de 2016.Uma adolescente de apenas 16 anos de idade identificada como Maria Eduarda Freitas Lima natural da cidade de Souza-PB veio para,Tibau em uma excursão, juntamente com a mãe e alguns amigos. Eles chegaram por volta de 7 horas da manhã  no município e ela morreu vítima de afogamento.De acordo com as primeiras informações o sinistro ocorreu na divisa entre a praia do Ceará/Tibau.A mesma foi socorrida por populares,com apoio do SAMU mas já deu entrada sem vida no hospital local.Ainda segundo informações a família não teria visto o momento que a vítima entrou no mar e que a mesma tinha problema de epilepsia e provavelmente a mesma teve uma crise epiléptica dentro da água que contribuiu para a sua morte.O corpo de Maria Eduarda Freitas Lima foi levado para o Instituto Técnico e Científico de Polícia “Itep” em Mossoró. O Medico Legista Jeronimo Rolim, apontou como causa da morte, Asfixia Mecânica por afogamento. 
 
 

OS MELHORES PREÇOS VOCÊ ENCONTRA AQUI

OS MELHORES PREÇOS VOCÊ ENCONTRA AQUI

Nenhum comentário