Deputado federal Rafael Motta é o novo presidente do PSB/RN



O Presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, nomeou nesta quinta-feira o Deputado Rafael Motta para presidir a Secção Estadual do PSB no Rio Grande do Norte, nomeando como seu Vice-Presidente o Deputado Estadual Luiz Fernando Lourenço de Farias (Tomba). Além deles, participa também da nova direção a ex-deputada Sandra Rosado.
Siqueira criticou a gestão passada da ex-governadora Wilma de Faria a frente do partido no estado e revelou que a nova direção partidária está recebendo o PSB/RN com contas rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral – TRE "o que demonstra a forma como o PSB/RN vinha sendo administrado", disse em nota.
Ele disse que aposta na nova direção partidária, liderada pelo deputado Rafael Motta, que contará com o firme apoio de quadros experientes, historicamente filiados ao Partido, promovendo, desta forma, a reestruturação do partido no estado e anunciou que a nova direção implantará também novas práticas, deixando para trás "uma administração partidária centrada em interesses individuais que jamais privilegiou a direção colegiada e democrática do Partido". 
Integram ainda a nova direção os seguintes membros: 
- José Eduardo da Costa Mulatinho, Secretário;
- Ivanildo Fernandes de Oliveira, Secretário de Finanças; 
- Antonio Carlos Dantas de Meirelles, Membro; e 
- Watson Bruno Ferreira Nunes, Membro.
Na tarde da última segunda-feira (2), a vice-prefeita de Natal e ex-governador Wilma de Faria anunciou, via Twitter, sua saída do PSB, leganda que para ela está "acéfala" desde a morte do ex-governador Eduardo Campos, em 2014. 
Wilma de Faria sinalizou via twitter que a chegada do Rafael Motta ao PSB teve o objetivo de desbancá-la de forma impositiva. “O que não se pode aceitar é a forma `kafkiana’ - desrespeitosa, sem diálogo, com atropelos e com imposições inimagináveis com que um grupo local armou, com inexplicável respaldo da presidência nacional, para apropriar-se do partido no nosso estado”, disse.
Do novo jornal
 

Informação foi divulgada nesta quarta-feira (3).
Estado enfrenta o pior período de estiagem dos últimos 100 anos.

Do G1 RN
As boas chuvas ocorridas durante o mês de janeiro, ocasionadas pela presença de um vórtice ciclônico de ar superior de longa duração, fizeram do primeiro mês de 2016 o mais chuvoso desde 2011. A afirmação é da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Ainda segundo a Emparn, “o monitoramento diário e mensal das principais variáveis oceânicas/atmosféricas que influenciam na ocorrência das chuvas no Nordeste tem mostrado uma evolução favorável. Isso fica evidente no comportamento do Oceano Atlântico, onde as águas superficiais do setor norte tem se apresentado mais frias do que o normal, e o setor sul continua com águas mais aquecidas”.
Também foi observado que no Oceano Pacífico o fenômeno El Niño, que durante os meses de outubro e novembro de 2015 se destacava como um dos mais intensos dos últimos 30 anos (similar ao episódio de 1997/98), atualmente se apresenta na condição de fenômeno moderado, mantendo a tendência de normalidade a partir do próximo mês de maio.
“Os centros de alta pressão sobre o hemisfério Norte fortalecem os ventos, tanto sobre o Oceano Pacífico, mantendo a tendência de resfriamento das águas superficiais na região do El Niño, como sobre o Atlântico Norte, fortalecendo os ventos Alísios de Nordeste e ajudando na descida da Zona de Convergência Intertropical”, explica a Emparn.
Tendência
Para o período atual, entre 3 e 10 de fevereiro, a previsão é de ocorrência de chuvas. Os valores acumulados devem variar entre 30 milímetros no Agreste e Litoral Sul, 40mm na Região de Mossoró e acima de 60mm nas regiões Central, Seridó, Alto Oeste, Litoral Nordeste e Grande Natal.


 





Publicidade

LIGEIRINHO ÁGUA E GÁS. a entrega mais rápida da cidade, tel (9090) 3521-2272 /9694-8448 ou 9970 4613.comprando o seu botijão Brasil Gás, você ganha cupon e concorre a premios no final de cada mês, Av.  Centenário/ centro Macau, organizaçã Gilmar

Nenhum comentário

Publicidade