Barreiras está há 90 dias sem médico no PSF

barreiras_posto_saude

 comentamos aqui sobre os salários atrasados de médicos e enfermeiros, prestadores de serviços na prefeitura de Macau, hoje vamos comentar sobre o PSF do distrito de Barreiras há 90 dias sem médico, deixando uma população de aproximadamente 4mil habitantes sem assistência.
O posto de saúde do distrito de Barreiras amarga a falta de médico desde o afastamento de Dr Reinaldo Faustino, médico do PSF daquela praia e que se encontra enfermo. Oremos todos pela saúde do médico para que se recupere e retorne as suas funções que sempre a abraçou com muita dedicação.
Pedimos pelos moradores e usuários dos serviços de saúde daquele distrito, que enquanto o médico Reinaldo Faustino encontrar-se afastado devido seu estado de saúde o poder publico municipal representado na pessoa do prefeito interino Einstein Barbosa, coloque urgentemente outro profissional para atender as demandas do distrito de Barreiras, pois é da obrigação da prefeitura assistir aos PSF’s.
Francisco Gomes 

Leia abaixo: Prefeitura de Macau ainda não pagou os salários de dezembro de prestadores de serviços

 

                        


Uma completa loja onde você encontra todas as tendencias e novidades da moda masculina e Feminina, bolsas, sandálias e muito mais, produtos de qualidade em um local aconchegante com preços incomparavéis, tudo com 20% de desconto a vista, ou em até seis veses no cartão, venha nos visitar Rua Amaro Cavalcante  200  Macau. 

Estamos há poucos dias de encerrar o mês de janeiro de 2016 e, até o momento o prefeito interino Einstein Barbosa ainda não efetuou os pagamentos dos servidores contratados pela prefeitura de Macau. Quando assumiu a prefeitura em 13 de novembro de 2015, esses servidores já estavam com salários atrasados.
Vale salientar que o prefeito afastado Kerginaldo Pinto tinha deixado chegues assinados para pagamento desses profissionais, mais o prefeito interino Einstein Barbosa cancelou o pagamento.
O servidores em sua maioria distribuídos entre a secretaria de Educação e Saúde, amargam o atraso de salários. Muitos há quase cinco meses de vencimentos atrasados.
A indignação é geral. Um servidor disse está revoltado em saber que o prefeito não paga aos funcionários que prestam serviços e que mantém hospitais, postos e escolas funcionado, mas, encontra partida, cumpre com os pagamentos a parentes dele que possui carros e prédios alugados a prefeitura 

Nenhum comentário