Ultimas Notícias

Publicidade

União reconhece situação de emergência pela seca em 147 municípios do RN; em Acari, Gargalheiras está totalmente vazio

Açude Gargalheiras, em Acari, está totalmente seco por conta da seca 
(Foto: Anderson Barbosa/G1)
O Ministério da Integração Nacional, por meio de Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, reconheceu, em decorrência da seca, a situação de emergência em 147 municípios do Rio Grande do Norte – o que representa 88% dos municípios potiguares. No estado, faz 7 anos que as chuvas estão abaixo da média histórica.
O reconhecimento foi formalizado por meio de portaria publicada na edição desta quarta-feira, 17, do Diário Oficial da União. Veja AQUI a portaria e a lista completa dos 147 municípios potiguares em situação de emergência.
Reservatórios secos
Dos 47 reservatórios monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), 13 encontram-se atualmente abaixo de 5% de suas capacidades de armazenamento.
Entre os reservatórios completamente secos está a Barragem Marechal Dutra, em Acari, na região Seridó, um dos maiores do estado. Mais conhecido como Gargalheiras, ele tem capacidade para mais de 44 milhões de metros cúbicos de água. Contudo, de acordo com monitoramento feito nesta terça (16), o nível atual é 0% do volume total.
O Gargalheiras foi inaugurado em 1959. E, segundo o Igarn, esta é a primeira vez, às vésperas de completar 60 anos, que a barragem seca completamente.
Prejuízos
Animais mortos às margens das rodovias fazem parte de um cenário desolador (Foto: Anderson Barbosa/G1)
Em setembro, o governo do Rio Grande do Norte renovou, por mais 180 dias, o decreto de situação de emergência por causa da seca em 152 dos 167 municípios do estado.
O decreto leva em consideração análises técnicas que monitoram a questão da segurança hídrica no estado. O objetivo é facilitar o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços para minimizar os prejuízos causados pela estiagem.
Segundo os dados da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape), a escassez hídrica vem causando perdas de receitas de mais de R$ 4,3 bilhões por ano aos cofres públicos, o que representa uma redução superior a 50% na contribuição do setor rural para a formação do Produto Interno Bruto (PIB) do estado.
Chuvas
Considerando os dados coletados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), no primeiro semestre de 2018 foram registradas chuvas na maioria dos municípios potiguares, conduzindo à classificação nas seguintes categorias:
Normal, chuvoso ou muito chuvoso: 84 municípios
Seco: 33 municípios
Muito seco: 21 municípios
Sem informações pluviométricas: 29 municípios
Com informações G1 RN
 
 
 
 

Jota Lourenço quinta-feira, 18 de outubro de 2018
Caso esclarecido: Elemento preso em Apodi confessa ter matado Maria Clara de 12 anos por "desavenças familiares"




A Polícia Militar prendeu na tarde desta quarta-feira (17), o suspeito de matar a pré-adolescente Maria Carla, de 12 anos, no município de Apodi, no Oeste potiguar. O corpo da menina foi encontrado hoje nas imediações do Sítio Góis, zona rural de Apodi. A família confirma esta informação.

O suspeito do crime era cunhado da vítima: Paulo Batista de Sousa. Segundo o delegado de Apodi, Rafael Câmara, o suspeito confessou que matou a menina por conta de "desavenças familiares".

Rafael Câmara informou que os exames do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) deverão confirmar que o corpo é, de fato, da menina. A ossada humana foi recolhida pela equipe do ITEP para a sede do órgão, em Mossoró. Ela pode ser identificada pelas vestimentas e arcada dentária. O corpo deve passar por exames de DNA, em Natal.

Após prestar esclarecimentos ao delegado, o suspeito deve ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi e em seguida deve ser transferido para outra unidade prisional do estado.
 
 
 
                                         Tel zap 84 99873 9639

Jota Lourenço
WhatsApp: MP Eleitoral analisará caso de suposto grupo com ameaças de violência no RN

Imagem: Ilustração
O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) instaurou um procedimento para analisar as denúncias quanto ao suposto grupo de WhatsApp Opressores RN 17, no qual teriam sido feitas ameaças de morte, estupro e outros tipos de violência a eleitores contrários, através da possível organização de um grupo armado.
o texto é elaborado pela assessoria de comunicação social da Procuradoria da República no RN (PR/RN), com sede na capital do estado.
Após analisar os indícios de veracidade, ou não, do diálogo mantido na rede social, a Procuradoria Regional Eleitoral deverá decidir sobre a remessa do caso ao promotor eleitoral competente, se for o caso de apuração de possível crime do artigo 301 do Código Eleitoral (Usar de violência ou grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos).
Por outro lado, na hipótese de se tratar de propaganda falsa (grupo fake), com intuito de promover publicidade negativa de candidato, o procedimento será encaminhado para algum dos procuradores auxiliares eleitorais.
 
 
 
 Publicidade

Armarinho Macau,lojas 1 e 2 tudo em um só lugar, artigos de cama mesa e banho, confecções em geral, bolsas, calçados, eletro eletrônico e muito mais, rua professor Coimbra em frente ao mercado público de Macau, empresa do grupo Elísio Filho e Jane Maria
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
 

Jota Lourenço
Pendências: Eleição suplementar deverá contar com três candidatos na disputa pelo Executivo


Imagem: Ilustração
Através de seu blog, o radialista Arafran Peter, estabelecido na cidade salineira de Macau, adianta que o processo eleitoral suplementar que ocorrerá no município de Pendências, poderá reunir três nomes na concorrência pela chefia do Executivo municipal.
Um dos possíveis candidatos seria o presidente da Câmara de Vereadores e prefeito em exercício, Flaudivan Martins (MDB), eleito parlamentar-mirim com 561 sufrágios.
Outro pretenso postulante ao cargo de prefeito também seria oriundo do Poder Legislativo: o vereador Gilberto Fonseca (PDT), que foi o mais votado na eleição de 2016 com um total de 768 votos.
Por fim, se colocaria entre os pretendentes ao cargo de chefe do Executivo pendenciense o empresário Gustavo Queiroz (PSD), que foi o segundo colocado na disputa sucessória municipal em 2016 totalizando 4.439 votos.
O Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE/RN) estabeleceu que as eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Pendências vão acontecer no dia 25 de novembro próximo, conforme calendário disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para este ano.
As eleições suplementares serão realizadas em virtude da cassação e perda de mandato de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros e José Maria Alves Bezerra, respectivamente, prefeito e vice-prefeito da cidade.
As cassações ocorreram por abuso de poder econômico e político e prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos), em julgamento realizado no dia 19 de julho deste ano, sob relatoria do juiz André Luís de Medeiros Pereira.
 
 
 
 
 Publicidade





LIGEIRINHO ÁGUA E GÁS. a entrega mais rápida da cidade, tel (9090) 3521-2272 /9694-8448 ou 9970 4613.comprando o seu botijão Brasil Gás, você ganha cupon e concorre a premios no final de cada mês, Av.  Centenário/ centro Macau, organização Gilmar


Jota Lourenço
Homicídio em Parelhas. PM prende um dos suspeitos



Um homicídio foi registrado na noite desta terça-feira (16) no bairro Cruz do Monte, na cidade de Parelhas, tendo como vítima um cidadão de bem, trabalhador, identificado a princípio como GERALDO DE ISAAC, que foi atingido por disparos de arma de fogo e veio a óbito no local. Os acusados estavam em uma motocicleta velha, usavam capacetes e fugiram logo após o crime.

A Polícia Militar foi acionada e após receber uma denúncia anônima conseguiu prender um dos suspeitos no momento que ele trocava a placa da moto. Um revólver calibre 38 e várias peças de motos foram apreendidas, bem como, outras motocicletas de origem duvidosa.

O acusado preso foi identificado como Vamberto da Silva Santos, velho conhecido da polícia. Outro suspeito conseguiu fugir do local na hora que a guarnição chegou. As diligências continuam no município a procura do outro acusado. Parabéns a todos os guerreiros pela resposta rápida.
Publicidade











Armarinho Macau,lojas 1 e 2 tudo em um só lugar, artigos de cama mesa e banho, confecções em geral, bolsas, calçados, eletro eletrônico e muito mais, rua professor Coimbra em frente ao mercado público de Macau, empresa do grupo Elísio Filho e Jane Maria
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
 

Jota Lourenço quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Macau: Venda de gêneros alimentares com prazo de validade vencido é alvo de apuração do MPRN


Imagem: Ilustração
Com o intuito de averiguar a comercialização de produtos alimentícios com prazo de validade vencido ou impróprios para consumo pela rede de supermercados existente no município de Macau, foi criado, na alçada da 2ª Promotoria de Justiça da comarca, um procedimento através do qual tal investigação será levada a efeito.
O Inquérito Civil com tal fim surgiu por intermédio da Portaria nº 2018/0000469611, legitimada pela promotora de Justiça Tiffany Mourão Cavalari de Lima.
A medida, com data de 10 de outubro, tem publicidade através do exemplar desta terça-feira (16) do Diário Oficial do Estado.
A representante do Ministério Público do RN determinou a notificação dos proprietários e gerentes dos supermercados do município de Macau, bem como do representante do setor responsável pela coordenação da vigilância sanitária em local, para a realização de audiência ministerial no dia 23 de outubro em curso, terça-feira da próxima semana, às 14h, a sede da representação da instituição ministerial.
 
 
 

Publicidade


   Lojão Fortaleza , temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centro Macau, vizinho a camara municipa
l.

Jota Lourenço terça-feira, 16 de outubro de 2018
Jornalista denuncia parlamentar potiguar por “intolerância política”


Ex-titular da Comunicação do Estado do RN, integrante da Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa, mas com atuação também no rádio e televisão do Natal, a jornalista Juliana Celli faz desabafo denso em suas redes sociais.
Ela resume o incidente em que foi vítima de intolerância política, devido sua independência como profissional, cidadã e eleitora.
Como jornalista, talvez esse seja o texto mais difícil que já escrevi. Olhos cheios de lágrimas, coração apertado, dúvidas sobre o que pode acontecer comigo a partir de agora.
Mas muita vontade de dar a minha contribuição de viver num mundo melhor, pra mim e pra minha filha. Decidi não me calar.
Na última quinta-feira (11/10) eu fui vítima da intolerância política que estamos testemunhando no país e que chegou no seu mais grave momento com a chegada do segundo turno das eleições. Eu já noticiei tanto sobre esses casos que estão acontecendo.
O último, o de uma médica, no serviço público do Rio Grande do Norte, que rasgou uma receita porque ao perguntar em que candidato o paciente votaria, ele afirmou votar no candidato do PT. Fiquei indignada!
Mas, jamais pensei passar por isso. Estava enganada!
Na quinta-feira pela manhã eu estava trabalhando quando um superior fez o sinal usado pelo candidato Bolsonaro, aquele que simula duas armas. Ele me perguntou se eu estava pronta pra fazer o tal gesto.
Eu falei que não faria porque não voto nesse candidato, na verdade decidi não votar em nenhum dos dois candidatos postos por não concordar nem com um nem com o outro. Foi aí a minha surpresa, o superior, o deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM), que até então sempre tive uma boa convivência, começou a me insultar.
Ouvi palavras como corrupta, mentirosa, e que eu deveria pedir exoneração do meu cargo (de confiança).
Ele estava completamente alterado, falando alto, gesticulando em minha direção. Por um momento, pensei em explodir, me contive. Consegui me manter firme e respeitosa, mesmo que muito constrangida, principalmente pelo fato de na hora estar conduzindo convidados para uma reunião de trabalho.
Argumentei que o voto é livre, e eu podia votar em quem quisesse ou até mesmo me omitir. Ele continuou esbravejando, na frente deles e de mais alguns servidores, que eu deveria votar em quem meu chefe mandasse.
Eu voltei a argumentar que não estávamos mais no tempo de “votos de cabrestos”, algo muito utilizado nos “currais” eleitorais e que meu chefe direto é democrático, jamais iria me obrigar a votar em quem eu não quisesse. Ele continuou sem respeitar a minha decisão.
Se alterou ainda mais, falando em tom ameaçador.
Eu decidi encerrar o assunto entrando na sala para participar da reunião que estava programada. Pedi desculpas aos convidados pelo ocorrido, mantive a calma para terminar aquela demanda, mas depois desabei.
Conversei com colegas, ouvi familiares, procurei um advogado.
Algumas pessoas disseram que seria meu fim eu expor esse assunto, outras me apoiaram, me incentivaram. Passei alguns dias analisando sozinha, pedindo a Deus uma resposta, deixando a “poeira” baixar e a emoção ser controlada para aí sim tomar uma decisão mais acertada.
Se eu, jornalista, assessora de imprensa, apresentadora de um jornal na rádio, de um programa de TV, não pode falar, quem pode?
As milhares de mulheres e homens que estão passando por isso em seus empregos em todo país ou em outros locais? Não. Eu digo não à intolerância política!!! O voto é livre!!!
Se você vota num candidato que eu tenho repulsa, eu preciso respeitar. Não deixe ninguém lhe dizer que você é menos inteligente ou menos cidadão por isso.
Se você quer votar em Haddad, vote livremente. Se você vota em Bolsonaro, vote livremente. Se quiser votar em branco, nulo, vote livremente.
Em tempos de #elenão e #elesim eu o convido a levantar uma bandeira muito mais importante, a da tolerância. Essa é a minha campanha.
#intoleranciaNao
Por Carlos Santos

Jota Lourenço
A CENTRAL VEM AÍ: Prefeito Tulio Lemos se reúne com Vagner Aráujo e define conclusão da obra


O prefeito Tulio Lemos, cumprindo agenda na capital do estado, esteve hoje na sede da SETHAS e em reunião conversou com o Secretário da pasta Vagner Araújo sobre as obras da Central do Cidadão, da Maternidade José Varela e da implantação do programa social Café Cidadão na cidade de Macau.
Na reunião foram debatidos os direcionamentos e prazos para finalização das obras que segundo o Prefeito Tulio Lemos “precisam ser finalizadas o quanto antes, tendo em vista a imprescindibilidade dos serviços em Macau e região”; Vagner Araújo, sensibilizado com o apelo do Prefeito, expôs na mesa todas as particularidades da obra e o deu boas notícias:

Segundo Vagner, a conclusão da obra e o início dos serviços da Central do Cidadão deverão “Ser realizados até a metade de dezembro; Macau iniciará 2019 fazendo uso de uma das mais modernas centrais do cidadão do estado”.
Além da Central do Cidadão, a obra da Maternidade José Varela também foi pauta da reunião, e após conversa, o Secretário Vagner Araújo determinou à seus auxiliares a confecção de dois aditivos na obra, aditivos de prazo para término da obra quanto de custo total, para que esteja assegurada a finalização da obra e as plenas condições de uso na unidade de saúde; que deve ficar pronta também nas próximas semanas.

CAFÉ CIDADÃO: Saindo da saúde e voltando para a causa social, Vagner foi enfático ao reafirmar o compromisso de trazer até o fim da sua gestão, o programa para Macau, e pediu que o Prefeito Tulio Lemos se encarregasse de procurar um imóvel que apto a receber as instalações da futura unidade que oferecerá aos macauenses café da manhã ao preço de 0,50 centavos.

Para o Prefeito Tulio Lemos “Saio dessa reunião revigorado e convicto de que tudo que viemos planejando junto ao governo do estado, neste ano, vai finalmente sair do papel. Macau precisa disso, dessa resposta; assim como aqueles que diziam que eu buscava apenas obras eleitoreiras para conseguir votos, receberão esta mesma resposta, de que o trabalho é feito e continuará sendo independente de votos. Nosso compromisso é com a cidade, não com votos. Vou continuar pedindo, insistindo e lutando por Macau cada vez mais.” Finalizou o Prefeito.




 Publicidade


Armarinho Macau,lojas 1 e 2 tudo em um só lugar, artigos de cama mesa e banho, confecções em geral, bolsas, calçados, eletro eletrônico e muito mais, rua professor Coimbra em frente ao mercado público de Macau, empresa do grupo Elísio Filho e Jane Maria
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Jota Lourenço
Operação da PF cumpre mandados contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em várias cidades no RN


A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16) uma operação de combate ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. A ação, que foi denominada 'Narco Trucks', contou com o apoio de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

Segundo a PF, 20 mandados judiciais de busca e apreensão e 13 mandados de prisão preventiva, além de medidas de sequestro de bens e bloqueios de contas dos suspeitos, foram cumpridos nas cidades de Natal, São José de Mipibu, Tibau do Sul, Parnamirim, Macaíba, Brejinho e Baía Formosa.

As investigações tiveram início em 2017, quando a Polícia Federal apreendeu, na zona rural de Macaíba, na Grande Natal, aproximadamente 30 quilos de cocaína, além de rascunhos e documentos da contabilidade de traficantes detidos na ocasião.

As investigações apontam que o principal alvo preso na operação seria chefe de um grupo criminoso com atuação no Paço da Pátria, e apontado como fornecedor de drogas da facção Sindicato do Crime do RN.
Durante o cumprimento dos mandados, a PF também prendeu um investigado acusado de tráfico que fornecia drogas para Natal e outros municípios, como São José do Mipibu, Brejinho e Tibau do Sul, além de ser um dos principais abastecedores de cocaína da praia de Pipa, no Litoral Sul Potiguar.

Os presos estão sendo indiciados e vão responder pelos crimes de tráfico de entorpecentes, lavagem de capitais e organização criminosa, cujas penas máximas, somadas, podem alcançar até 33 anos de reclusão.
G1/RN.
 
 
 
 
 
 Publicidade

Armarinho Macau,lojas 1 e 2 tudo em um só lugar, artigos de cama mesa e banho, confecções em geral, bolsas, calçados, eletro eletrônico e muito mais, rua professor Coimbra em frente ao mercado público de Macau, empresa do grupo Elísio Filho e Jane Maria
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

 

Jota Lourenço
Aos 78 anos morre Gil Gomes, um dos maiores comunicadores do Brasil


Gil Gomes foi homenageado recentemente pelo "Domingo Legal". (Foto: Divulgação)
Gil Gomes foi homenageado recentemente pelo “Domingo Legal”. (Foto: Divulgação)
Morreu na manhã desta terça-feira (16) o comunicador e radialista Gil Gomes aos 78 anos de idade. Ele enfrentava uma série de complicações nos últimos dias e uma luta contra um câncer no fígado. Pelo que havia sido comunicado pelo programa Balanço Geral, ele andou internado e perdeu muito a vitalidade e as forças, contando apenas com o apoio da sua família.
A Fazenda: Participante decide bater o sino e abandonar o jogo
Gil Gomes é jornalista e uma das suas últimas aparições foi no Domingo Show, da Record. Ele sofria com mal de Parkinson, e em uma declaração de 2016, disse que sofreu no período que estava longe do trabalho. “Tanta coisa que vivi, senti, chorei. Sou chorão e quando choro eu me revolto. Passei os últimos seis anos sentado em uma poltrona, esperando a morte, mas agora voltei e estou feliz”, contou ao programa “Sensacional”, da RedeTV.
O apresentador relembrou a época que fazia jornalismo policial no rádio e disse que chegou a ser preso mais de 30 vezes durante o regime militar.  “Terminava o programa e a viatura da Polícia Federal vinha me buscar. Só que eu era amigo do [político] Romeu Tuma e sempre saía”, disse. Inclusive, Gil relembrou a situação que lhe deixou mais assustado.
“Trabalhava na rádio e recebi um telegrama dizendo que tinha apenas 30 dias de vida. No outro dia, recebi mais um, escrito ’29 dias de vida’, e começou uma contagem regressiva. Quando faltavam 12 dias, mataram meu gato, envenenado. Depois daí, a contagem acabou e não aconteceu nada, mas eu tenho uma mania de valente”.
Demais detalhes sobre o velório e enterro ainda não foram divulgados.

Jota Lourenço
Cabeleireiro é baleado no abdômen após reagir assalto em Assú

Na noite desta segunda-feira, 15 de Outubro a polícia militar foi informada da que um homem foi baleado após reagir a um assalto na rua Dr. Luiz Carlos em Assú. Segundo informações, a vítima estava transitando na rua acima citada quando foi abordada por dois elementos numa moto que anunciaram o assalto, após reação, a vítima foi baleada no abdômen.

A vítima foi identificada como sendo José Izaías Lourenço, de 37 anos de idade, que é cabeleireiro em nossa cidade, Izaias foi socorrido para o hospital regional de Assu e possivelmente encaminhado para o Tarcísio Maia em Mossoró.

Já os assaltantes fugiram com destino ignorado levando da vítima o aparelho celular e outros pertences. A polícia segue em diligencias.
Focoelho





                                                  Tel zap 84 99873 9639               

Jota Lourenço
PREFEITO TULIO LEMOS CONVERSA COM O PRESIDENTE DA CAERN E ESTABELECE SOLUÇÕES PARA A FALTA D'ÁGUA EM MACAU


A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas




 O Prefeito Tulio Lemos esteve nesta segunda (15) - como havia prometido - na sede da Caern, conforme havia prometido
 na sede da CAERN, na capital do estado e conversou com o Presidente da CAERN, Marcelo Toscano, sobre a problemática da falta d'água na cidade de Macau.
Segundo o Presidente da CAERN, a interrupção no abastecimento se deu através de uma pendência contratual entre a empresa estatal e a empresa responsável por gerir a massa falida da Alcanorte, que tem sede no Rio de Janeiro.
Entretanto, com a intervenção do Prefeito Tulio Lemos junto a Alcanorte, ficou estabelecido entre as partes que o bombeamento e abastecimento da cidade salineira continuaria de forma ininterrupta até que a CAERN e a Alcanorte possam chegar a um consenso.
Por fim, o Prefeito Tulio Lemos aproveitou a visita e discutiu com o executivo da Caern a possibilidade da empresa expandir sua área de atuação levando água encanada, para as localidades da Ilha de Santana I e II e Nova Descoberta que hoje sofrem pela falta d'água, e acabam tendo que recorrer muitas vezes ao uso de caminhões pipa. Marcelo Toscano, sensível ao relato se comprometeu a concretizar o pedido do Prefeito.





 


 O  LojãoFortaleza , temos confecções e calçados para homens mulheres e crianças, além de artigos de cama mesa e banho, peças apartir de 10,00 reais
aguardamos sua visita, rua Martins Ferreira, centro Macau, vizinho a camara municipal

Jota Lourenço
PT de Macau trabalha contra Fátima

No jogo político, as alianças entre diferentes partidos, políticos e grupos são, por via de regra, peça importante para o sucesso eleitoral de toda e qualquer empreitada política. É fato notório e sabido por todos aqueles que se aventuram na política; Menos, ao que parece, para o pequeno grupo de fanáticos Petistas macauenses. Este formado por em sua maioria, sindicalistas e suplentes de suplentes, acha-se autosuficiente e independente – embora tenham demorado décadas até conseguirem eleger um vereador – é vaidoso e radical por natureza.
No mais novo surto de preciosismo e mediocridade, divulgaram uma suposta nota – que ninguém assinou – em que o diretório macauense afirma que “NÃO ACEITA O APOIO DO PREFEITO MUNICIPAL TULIO LEMOS” e que esta posição “Teria recebido total apoio da coordenação da campanha estadual de Fátima Bezerra”, embora ninguém do diretório estadual ou da coordenação na campanha de Fátima Bezerra tenha assinado a nota, que sequer foi impressa.
Os fanáticos do PT macauense como o Ver. Cláudio Gia e Araújo desprezam diversos fatos como por exemplo:
1- O Prefeito Tulio Lemos sempre nutriu uma enorme simpatia pela candidata Fatima e seu grupo político estadual, e em momento algum usou seu “patrimônio político” CONTRA a candidatura ao governo de Fatima Bezerra. Diversos amigos e funcionários seus, militantes e eleitores dela, e do PT, ficaram à vontade para manifestar público apoio a causa petista.
2- A própria candidata Fátima Bezerra ligou para o Prefeito Tulio Lemos pedindo seu apoio nesta semana e se disse lisonjeada, caso o apoio venha a se concretizar.
3- No episódio do rompimento entre o atual governo estadual de Robinson Faria e o Partido dos Trabalhadores, o Prefeito Tulio Lemos (responsável direto do governo estadual em Macau) foi enfático ao defender a permanência de boa parte dos cargos cedidos ao PT, na cidade de Macau. Entre eles está a mulher do próprio Araújo, que hoje, por vaidade e num grave e explícito sintoma de ingratidão o rejeita.
4- O Vereador Cláudio Gia está aliado com o que há de mais reacionária e opressora na política macauense, ficando ao lado dos patrões, e fez uso deste mesmos patrões e seu dinheiro para se eleger. Também como empresa Salinor, em episódio que este recebeu uma repentina doação da empresa no valor de 10 mil reais e que estranhamente o fez calar-se diante de um problema ambiental causado pela empresa; E assim sempre faz, quando está em jogo seus interesses pessoais. Deixando claro que sua ligação com o partido é meramente simbólica.
5- O apoio ou não, em hipótese alguma cabe a panelinha local aceitar ou rejeitar, a eleição é estadual, e a decisão deve, por via de regra, vir de cima pra baixo, tal qual foi a decisão que descartou a candidatura do Ver. Cláudio Gia à Assembléia Legislativa.
6- É inevitável esclarecer que o eleitor quer que o seu projeto e candidato obtenha êxito na eleição, sem rejeitar apoio de outras lideranças e sem dar chiliques, diferentemente do que a seita macauense insiste que pode (sem poder) fazer.
7- O governo Tulio Lemos é justo e não possui nenhum processo por corrupção, logo, é inusitado perceber que este governo possa ser rejeitado por pessoas e vereadores que fraudaram a prefeitura de Macau enquanto eram funcionários num passado recente, fez uso, através de familiares de compra de votos de pessoas carentes em assentamentos, e também que participa de negociatas a fim de retirar do poder um governo legítimo através de um golpe na câmara municipal, como é o caso do Vereador Cláudio Gia; Deixando claro assim, que a ligação destes, com o PT é meramente fingida, dissimulada e motivada pela sede desesperada pelo poder.
Por tanto, fica provado que a luta destes falsários ideológicos é pessoal e pensando num projeto de poder municipal, ignorando o futuro político da Senadora Fátima Bezerra, pondo em risco a eleição estadual e pior, sem a autorização ou direcionamento da candidata, já que ela pessoalmente fez apelo ao Prefeito de Macau através de ligação.
Por fim, considerando que a vaidade é o princípio da corrupção, não é demais afirmar que seria o Prefeito Tulio Lemos quem deveria rejeitar o apoio e a colaboração destes indivíduos. E, é fato que independente deles, vai apoiar a eleição de Fátima Bezerra para o governo do RN



 Rogerio construções

Rua Frei Caneca, Valadão 99682 4224 


Material de consrução em geral

 

Jota Lourenço segunda-feira, 15 de outubro de 2018
O deputado mais jovem eleito em 2018 no RN, é de Mossoró
'

O deputado mais jovem entre os 24 eleitos em 2018 para Assembleia Legislativa, Allyson Bezerra, de 26 anos, é do Partido Solidariedade de Mossoró.
Oriundo de família humilde, Allyson nasceu na zona rural de Mossoró, estudou a vida inteira em escola pública, formou-se em engenharia civil pela Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), onde também fez mestrado em Manejo de Solo e Água e é estudante de direito da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).
Antes de se candidatar a deputado, Allyson teve o cuidado de organizar a vida pessoal. Passou em um concurso público, sendo atualmente funcionário da UFERSA, onde também é presidente do Sindicato dos Servidores, e foi aluno da Escola de Jovens Líderes do Partido Solidariedade do Rio Grande do Norte, que ministrou aulas para orientar jovens quadros políticos a entrar na política de forma saudável.
“Um dos nossos focos é estimular os jovens a entrarem na política e mostrar que, como eu, eles não precisam ser de famílias tradicionais para serem vereadores, prefeitos, deputados, senadores, governadores. Com esforço pessoal, muito estudo, e foco, dá para fazer política boa e correta no RN”, diz Allyson.
 
 
 

Jota Lourenço

Publicidade

Publicidade